Super Star não sei quê
Segunda, 13 de Março de 2017




Hoje escrevo-(vos) de coração cheio. De alma renovada. Porque isto de largar o certo pelo incerto nem sempre tem alegria por perto. Há portas que se fecham na nossa cara. Janelas que permanecem entreabertas. Há rasteiras. Há armadilhas. Há asneiras. Há falta de originalidade. Há cópias de criatividade. Há nomes mais feios, mas que não vale a pena escrever.  Há dias em que a nossa alma teima em doer. 

Mas depois há estas vitórias. Há taças e glórias. Há pessoas que nos querem bem, que sabem que como o nosso trabalho não há quem. Há gente de Santa Maria da Feira, de Famalicão, Santo Tirso, Viseu e de toda a Beira que nos vêm abraçar. Há idas a Coimbra para ficar a conhecer tantas das pessoas que gostam de nos acarinhar. Há palmas. Há assobios (dos bons). Há pessoas em pé. Há elogios. Há uma loja nova cheia de boas energias, de alto astral, de tantas sinergias, de amor sem igual!

No passado dia 11 de março tivemos casa (e alma) cheia. A derradeira prova de que vale a pena estar há quase um ano a fazer noitadas. A não ter medo de grandes cavalgadas. Foi a prova de que vale a pena lutar. Cair, mas levantar. E acreditar. Acreditar em nós próprias, acima de tudo e de todos. Depender só do nosso esforço e dedicação. E na capacidade de devoção. Não. Não é fácil. Não é nada fácil que nos levem a sério. Com cara de meninas. Às vezes meio perdidas. E ainda por cima Mães. -  "Ah e tal...aquelas Mães que andam sempre com os koalas atrás"...pois muito bem: quem duvida que uma Mãe destas não é capaz?

Esta é a prova de que é possível sonhar bem alto. Cumprir promessas. Dar o salto. Esta é a prova dos 9 de uma Mãe. Uma simples e comum Mãe que acreditou em si. Que quis ver os filhos crescer, mas que mesmo assim não quis o seu ego perder. Que conseguiu mostrar ser possível enviar um email com os filhos às cavalitas. Falar com clientes com os miúdos às fitas. Sim, é possível. E sabem porquê? Porque somos feitas daquela raça que se chama superstar não sei quê. Porque neste tal não sei quê cabem todas as palavras do mundo. Somos feitas daquela matéria que não vai ao fundo. 

Porque há milhares de Super Stars por aí!

Oh yeah!

Fotografia Ties (que amanhã vai ter um dia digno de uma verdadeira super star. Força, Catarina!)

Partilhado por Francisca Ortigão Guimarães

Deixe o seu comentário!

Comentário submetido com sucesso.
Todos os campos são obrigatórios!
ver 1 comentários
*facepalm
Inês