Sonho meu
Quarta, 18 de Abril de 2018

Um mês depois da abertura da nova loja, quis escrever acerca desta nossa aventura. Um mês depois. Foi propositado. Para não escrever de coração quente e correr o risco de exagerar nas palavras. Porque as emoções, essas, estavam ao rubro! Quando, no dia anterior à abertura, pelas 2 da manhã, olhei para a montra da nova loja, nem queria acreditar que era um projecto meu. Uma montra digna de pinterest. Capa de revista. Daquelas magazines que se folheiam para tirar inspiração, em que se rasgam páginas para guardar no coração. Eu teria guardado uma fotografia da nova loja, se a tivesse visto numa revista. Sim! Acho que nunca me senti tão orgulhosa do meu trabalho. Tão cheia de alma do meu esforço. Tão feliz por ter dado um pontapé no destino e ter virado à esquerda, quando todos me diziam que o caminho certo era o da direita.

Com todas as saudades que tenho da minha vida na advocacia (porque eu, ao contrário de tantos outros advogados que desistiram da profissão, adorava o que fazia e o escritório onde trabalhava), sei e tenho a certeza que sou uma Mãe e Mulher mais feliz e completa. Mais bem sucedida. Sim! Mais satisfeita com tudo o que a vida me dá. Vivo ao ritmo do meu trabalho, sem nunca me sentir culpada por não estar a acompanhar os meus filhos tanto quanto gostaria. E disso, tenho a certeza, nunca me vou arrepender na vida! Tenho amor naquilo que faço e em tudo aquilo que consigo fazer para além da profissão. E isso, para mim, é o mais importante! 

Lamechices à parte...estão curiosas com o resultado final da nossa nova loja? Então espreitem as fotografias do nosso Dia D, e deliciem-se com tudo aquilo que podem encontrar por lá, no nosso novo Maisena, onde as compras valem MESMO a pena!

[Um obrigada tão sentido e especial a todas as marcas que nos acompanharam e que acreditaram no meu projecto desde o início, meio ou fim, whatever! O que interessa é que por cá estão, cheias de sucesso e dedicação, prontas para todo o trabalho e talento que temos para dar! Obrigada à querida Ju do Love my Party by Ju pela paciência de santa e amor à camisola. E um obrigada também a todas aquelas pessoas que me ajudaram no anonimato, sem pedir nada em troca, só porque sim - querida Mãe, querida Rute Marinho, querida Helena, querida Emília! -  só porque acreditam em mim! Obrigada minhas queridas, vocês sabem quem são!]


Partilhado por Francisca Ortigão Guimarães

Deixe o seu comentário!

Comentário submetido com sucesso.
Todos os campos são obrigatórios!
ver 0 comentários