Infância Feliz
Quarta, 14 de Janeiro de 2015

Hoje, com 33 anos, posso dizer, de coração cheio, que tive uma infância feliz. O primeiro desgosto a sério que tive na vida foi a separação dos meus pais, tinha eu 19 anos. Até lá, vivi bem desafogada, sem preocupações de maior, sempre resguardada, sempre bem amparada. Tenho boas recordações das viagens que fiz com os meus Pais, dos fins-de-semana passados no campo, das tardes no jardim da casa grande. Ainda consigo sentir os cheiros típicos da minha infância. O sabonete da banheira de casa dos meus Avós, o perfume do cabelo dos meus nenucos, os saquinhos de lavanda que a minha Mãe tinha (e tem) nas gavetas. Hoje custa-me passar pelos sítios que mais me recordo da minha infância. Custa-me, porque me traz saudades, e uma enorme nostalgia daqueles tempos áureos, sem problemas de maior, onde a minha única preocupação era tirar boas notas.
Hoje sei, tenho a certeza, que o que mais gostava era de poder deixar o mesmo legado aos meus filhos. Poder proporcionar-lhes uma infância tal e qual a que eu vivi. Uma infância em que os miúdos pudessem guardar na memória momentos, vivências, recordações inesquecíveis. Gostava que, daqui a 30 anos, os meus filhos tivessem saudades dessa infância longínqua e distante, e tivessem vontade de voltar atrás no tempo, quando cabiam no carrinho de mão no jardim dos Avós, e quando o Pai lhes podia dar voltas e voltas nesse carrinho ferrugento mas tão giro, até ficarem tontos. Quando falhavam os chutos com o pé esquerdo na bola de futebol, e riam tanto até ficarem com dores de barriga. Quando, já estafados com tanta brincadeira, ali ficavam os dois, bem agarradinhos, sem sair do carrinho de mão, a contar as laranjas da sua árvore preferida, antes de o sol se pôr. É esta a infância que luto todos os dias para lhes proporcionar. Espero, do mais profundo do meu coração, conseguir transmitir-lhes tudo isso e muito mais.
E a verdade é que, pelas expressões dos miúdos, parece que estamos a fazer um bom trabalho!
 
 























As jardineiras Moments de Bonheur são perfeitas para uma tarde no campo, e mesmo imundas de terra ficam o máximo!
As túnicas são Pendant e têm umas cores de cair para o lado de giras!
Tudo disponível no Maisena Mum&Kids Brands!

Partilhado por Francisca Ortigão Guimarães

Mais lidos

Acompanhe em...

Etiquetas

Arquivo

O nosso showroom

O Maisena adora...