Debaixo da figueira
Terça, 05 de Agosto de 2014
Estar num dos nossos sítios preferidos de sempre: debaixo da figueira da quinta dos meus avós. Um cheirinho que não se explica, só se regozija, sentindo. Uma sombra do tamanho do mundo, que nos rejuvenesce num segundo. Um ritual de todos os anos, a família reúne-se debaixo da figueira, como se fosse à volta da fogueira, e vai apanhando (e comendo) os figos pingo de mel. Até o Sebastião já pergunta, naqueles dias difíceis de Inverno, quando é que lá vamos, quando é que à nossa figueira voltamos. Em Agosto ainda estão bem verdes, mas o passeio até lá também é compensador. E fingimos que os figos já estão a pingar de amor.
Ainda não há figos mas já há alho porro, courgetes, pepino e alho francês. Há legumes e fruta para todos os gostos, bem à moda do freguês. Há 4 gerações em peso, que adoram a horta e a vinha, as oliveiras e as amendoeiras, de alma e coração nortenho, 100% português.
 






Este vestido é especial.
By Bogoleta especialmente para a Menina Manel, mas parece que foi feito a pensar em mim.
Tanto fica bem com havaianas ou paez, como até com all-star ou botins curtinhos.
Com um casaco de ganga, ou não...basta um pouco de imaginação!
Não é L-I-N-D-O?





Partilhado por Francisca Ortigão Guimarães

Deixe o seu comentário!

Comentário submetido com sucesso.
Todos os campos são obrigatórios!
ver 0 comentários