Comprar português
Quarta, 29 de Abril de 2020

As pequenas marcas como a minha têm feito os possíveis e os impossíveis para dar frutos e mostrar o que valem. Mas para isso é preciso muito mais do que simplesmente continuar a trabalhar. É preciso acreditar. É preciso ter força. Dar ânimo. É preciso ter coragem. Sem medo de atravessar a margem. É preciso nunca desistir. É preciso saber cair. É preciso não baixar os braços e não nos deixar ir pela corrente. É preciso fazer mais. Melhor. Diferente. Tem sido talvez o mês mais desafiante da minha vida, em termos profissionais. Pela responsabilidade. Pela dureza. Pela incerteza. Mas se há coisa que aprendi é que, com humildade e muita vontade, podemos ir mais longe. Mesmo na adversidade. No nosso Maisena rodeei-me de pessoas capazes. Cheias de garra. Audazes. E andamos aí na tempestade. Sempre à espera de ver terra. Para quando chegar a hora da verdade. 

E se queremos continuar unidos e cheios de força, faço hoje um apelo: comprem português. Apostem nas marcas pequenas cheias de talento e sensatez

Partilhado por Francisca Ortigão Guimarães