A vida lá fora pode esperar
Segunda, 18 de Janeiro de 2021

A vida lá fora espera por nós. A Mãe Natureza continua ali. Bem viva. Bem verde. Bem bonita. 

Mas chegou a hora de ficarmos em casa. Para protegermos os nossos. Para cuidarmos dos outros. Para termos respeito por quem não pode ficar. 

Não custa nada. São só mais umas semanas. Sem pressas. Nem dramas.

Há negócios que ficam em suspenso. É verdade. O Maisena é um deles. Sinto isso na pele. E custa ver os nossos sonhos correrem o risco de se desmoronar. De um dia para o outro. Mas temos de fazer tudo por tudo para nos reinventarmos. Não baixar os braços. Não ser levados pela corrente. Há-que remar contra a maré. Mesmo que pareça impossível. Mesmo que não tenhamos pé. Mas temos de tentar. Arregaçar as mangas e lutar. Em casa. 

[Não podemos apenas ser figurantes desta guerra invisível.]

Partilhado por Francisca Ortigão Guimarães